Tendências de Ilustração 2020

Última actualización 05 de Junio del 2020

user

Antonella Morelli

Tendências de Ilustração 2020 Tendências de Ilustração 2020

Já estamos no meio do ano, mas todos podemos reconhecer que existem circunstâncias extraordinárias. Algumas indústrias estão paralisadas, outras estão em velocidade 2x, e a ilustração (um nômade cuja instabilidade sempre criticamos) é, repentinamente, um recurso flexível que pode mudar com o tempo.

Para alguns ilustradores cujo trabalho é mais autoral, estar ciente das tendências da ilustração pode parecer desnecessário. No meu caso, como meu trabalho não é comercial, o que está na moda é indiferente para mim, pois não me afeta. Mas esta forma de pensar é bastante limitada e, depois de fazer uma pequena pesquisa, descobri que as tendências não são “coisas que estão na moda”, mas movimentos da comunidade para aperfeiçoar-se e explorar juntos. Por isso, neste artigo, mostro algumas tendências em ilustração 2020 para aprender como melhorar suas ilustrações, mantendo sua autenticidade.

Faça o download gratuito do nosso Guia Compondo uma ilustração

Pequenas pessoas moram neste site

Não é preciso dizer que a ilustração é uma daquelas indústrias atemporais cuja demanda atual tem crescido agressivamente. Não apenas os modelos digitais precisam de um bom site; agora todas as empresas precisam de um portal funcional e acessível.

A ilustração pode fazer muito pelo seu site: não é apenas mais pessoal, é didática. Especialmente a ilustração de personagens, criando a ilusão de que seu site é potenciado e mantido por pequenos habitantes (que muitas vezes refletem o mesmo usuário), tem sido uma das estratégias mais inteligentes para clientes e designers.

Este exemplo é de alguns anos atrás, mas ainda acho que é o caso mais impactante que já vi. A tipologia de Myers Briggs é um estudo complexo e muito aprofundado, mas muitos de nós podem administrá-lo até um determinado nível com o mínimo investimento de tempo, graças ao site ilustrado 16personalities. O trabalho dos  arquetipos ilustrados  é tão maravilhoso que afetou diretamente o consumo desse estudo psicológico e o tornou acessível a quem deseje estudá-lo.

Arquétipos diplomáticos como personagens reconhecíveis

Um exemplo mais recente, o Notion,  é uma ferramenta com tanta flexibilidade e precisão clínica que, certamente, é surpreendente a princípio, mesmo para um nativo digital. No entanto, seu uso de personajes ilustrados faz uma grande diferença ao navegar na Web e no aplicativo.

Provavelmente, o Notion tenha mais de 1.000 maneiras de usá-lo, mas finalmente é uma ferramenta para o uso humano. A equipe ilustrada lembra e convida você a continuar investigando para que mais possam usar o Notion. 

A equipe de trabalho do Notion representado nas funções de macro.

A linha borrada entre a ilustração e a modelagem 3D

Nem todos os ilustradores são modeladores 3D, mas todos são ilustradores? Provavelmente. Um modelo 3d começa com um desenho a lápis. Especialmente ao esculpir personagens, o conhecimento do desenho é imprescindível e será a chave no carisma do seu trabalho. A modelagem 3D e a iluminação não são apenas animações. A ilustração com modelos 3D promete mais a cada dia.

No Crehana, temos um enorme catálogo de cursos e professores que representam esta mudança. Cabeza Patata, por exemplo, é uma dupla criativa, cujo estilo único contribuiu para isso. Em seu curso “Criação de personagens com Cinema 4D e Marvelous Designer” eles nos ensinam seu processo para criar personagens 3D engraçados, cheios de curiosidade e movimento.

Você pode ver mais desta série de ilustrações e seu processo criativo aquí.

Abrace suas origens rejeitadas

A maioria dos(as) ilustradores(as) começa copiando os estilos gráficos de suas séries animadas favoritas. Logo, um professor de desenho o(a) convence a abandoná-los, porque "você deve começar a procurar seu próprio estilo para ter mais valor como artista". A intenção dessa ideia é boa, mas não significa que seja válida. Tudo o que desenhamos tem nosso estilo em cima, não somos máquinas de fazer fotocópias. A influência de uma escola como o mangá ou o debatido estilo “CalArts” é uma base maravilhosa sobre a qual, ao longo dos anos, você pode criar algo próprio.

É exatamente isso que muitos artistas estão praticando. Hoje, podemos trabalhar comercialmente com um portfólio influenciado por mangás, por exemplo. A artista de quadrinhos Babs Tarr revolucionou a DC, trazendo sua influência de mangá para personagens icônicos como a Batgirl. É cada vez mais comum encontrar livros de ficção ilustrados desta maneira. O trabalho de Sara Kipin para o livro de Simone Snaith “Between the water and the woods” é um excelente exemplo.

Capa da Batgirl no Burnside #50, DC Comics.

Representação não normativa: já era hora

Não temos controle sobre os corpos que a mídia nos ensina, mas sim sobre os que escolhemos desenhar. A ilustração de corpos musculosos, voluptuosos e estilizados como heróis de quadrinhos, as garotas pinups ou longas figuras dos anos 90 ainda são válidas.

O desenho, no final, é uma expressão escapista e fetichista. Mas devemos abrir espaço para corpos não normativos: as figuras diversas, que nos ensinam a beleza da assimetria e, finalmente, refletem a nós mesmos.

Se você acha que a ilustração não é um lugar para protestar ou tomar uma posição política, você está equivocado. O poder de normalização das imagens que produzimos e consumimos é enorme. Optar por não usar esse poder já é uma posição política, e muito irresponsável.

Esta tendência na ilustração do ano 2020 está bastante atrasada. Os corpos não normativos não existiam recentemente, mas por muito tempo decidimos fingir que não estávamos aqui.

Trabalho pessoal de Luis Gadea, professor de “Dibujo a lápiz de cero a experto”.

O lobo é pele de ovelha: ilustração digital tradicional

O desenho tradicional é considerado uma técnica de grande maestria e uma atividade terapêutica. O acabamento tradicional é simplesmente mais acessível para todos: nem todo mundo usou uma wacom, mas um lápis e algumas cores. É mais empático.

Por outro lado, a técnica digital tem um grande perigo: o excesso de oferta de recursos. Se tivermos todas as ferramentas e cores em um dispositivo, escolher estrategicamente de repente é muito mais difícil. Por estas razões e muitas outras, emular uma técnica tradicional com meios digitais é uma jogada brilhante.

A praticidade de um Ipad com a organicidade de uma textura tradicional é a combinação vencedora da ilustração contemporânea. Todos os softwares: Procreate, Photoshop, Paint Tool Sai, Clip Studio Paint, todos! Eles nos oferecem pincéis, plugins e funções que imitam cada vez mais as texturas e os comportamentos de nossas ferramentas digitais, mas alcançar isso também requer nossas habilidades — praticar, já foi dito! Sem dúvida, será uma tendência de ilustração 2020.

Vinhetas de Frannerd, que usa o Procreate para imitar sua propia producción tradicional.

Mais que uma tendência: a intenção narrativa

Finalmente, quero terminar com isso que não é uma tendência, porque é algo que jamais perderá sua validade: a intenção narrativa. Uma ilustração deve contar uma história: a história do consumidor de um produto, a história do crescimento do personagem, a história da emoção por trás do insight.

Do design de personagens à composição de elementos e escolha de cores, tudo o que fazemos em uma ilustração deve contar uma história. Não necessariamente quem vê a ilustração entenderá a história, mas perceberá a ideia. Este é o segredo de uma ilustração que comunica: a história. Toda decisão estética tem esta intenção; então, vamos levar em conta a criação de imagens que ressoam em 2020 e muito depois.

Ilustración final do meu curso “Ilustración para no ilustradores”,onde explico como contribuir com uma história para um desenho.

Obviamente, existem muitas outras tendências de ilustração no ano — você pode conferir isto com uma pesquisa rápida. No entanto, essas me pareciam uma boa seleção para aprimorar seu trabalho sem sobrecarregá-lo demais.

Eu recomendo que você esteja atento à mudança e não tenha medo de tentar algo novo; esta é a maneira mágica de crescer e manter uma relação magnética com o seu trabalho.

Recomendados para ti