Inteligência emocional no trabalho: como trabalhar minhas emoções sem chorar na tentativa?

Última actualización 23 de Setiembre del 2020

user

Alejandra Mujica

Inteligência emocional no trabalho: como trabalhar minhas emoções sem chorar na tentativa? Inteligência emocional no trabalho: como trabalhar minhas emoções sem chorar na tentativa?

Você já recebeu feedback sobre seu trabalho e sentiu que não tinha as ferramentas para responder? Todos nós já passamos por isso! A inteligência emocional no trabalho é uma das habilidades mais valorizadas que podem ajudar você a ter uma vida mais feliz no trabalho e em suas relações interpessoais.

Os líderes empresariais estão contratando pessoas que já conseguiram desenvolver uma alta inteligência emocional; por isso, preparamos este artigo para contar a vocês do que se trata este tema, quais são suas características, porque é importante e como aplicar e desenvolver a inteligência emocional no trabalho.

Expresse suas ideias com nosso curso de Comunicação Eficaz

Índice

  1. O que é inteligência emocional?
  2. Importância da inteligência emocional no trabalho
  3. Como desenvolver a inteligência emocional no trabalho?
  4. Liderança eficaz e inteligência emocional
  5. Exemplos de inteligência emocional aplicada ao trabalho

O que é a inteligência emocional?

A inteligência emocional é a ferramenta mais poderosa para atingir seus objetivos. Não é aplicada apenas nos relacionamentos amorosos, mas também nos negócios. Na verdade, as mesmas regras para atingir seus objetivos nos negócios também se aplicam ao amor.

O conceito de inteligência emocional é definido como a capacidade de compreender e gerenciar suas próprias emoções, bem como reconhecer e influenciar as emoções de quem nos rodeia.

O termo foi usado pela primeira vez em 1990 pelos pesquisadores John Mayer e Peter Salovey, mas foi popularizado pelo psicólogo Daniel Goleman

Aprenda sobre as dinâmicas familiares: como trabalhar a ansiedade em casa?

que es inteligencia emocional

Imagem: Freepik

Características da inteligência emocional

Estas são as principais características da inteligência emocional. Se você entendê-las e abordá-las corretamente, serão dois grandes passos para trabalhar sua inteligência emocional no dia a dia do trabalho.

Posteriormente, daremos algumas dicas para que você possa desenvolver estas características em seu trabalho

- Consciência de si mesmo(a): reconhecer suas emoções e o efeito que têm sobre você.

- Autogestão: capacidade de administrar suas emoções em situações de alto estresse.

- Empatia: reconhecer e aceitar as emoções dos outros.

- Gestão de relacionamento: capacidade para influenciar, assessorar e aconselhar outras pessoas

Curso de liderazgo: Introducción al liderazgo y management

curso gratis liderazgo crehana

Importância da inteligência emocional no trabalho

Quando falamos sobre a importância da inteligência emocional no trabalho, também falamos sobre aprender a nos adaptar às mudanças e sermos flexíveis.

Como as habilidades emocionais estão sendo uma prioridade nas empresas, o número de diplomas ou certificados que um candidato pode ter não está sendo levado em consideração, mas a capacidade dessa pessoa de desenvolver ‘skills’ emocionais.

A seguir, compartilhamos quatro práticas e dinâmicas para trabalhar sua inteligência emocional e melhorar sua empregabilidade

Assertividade e consciência emocional

Todos somos emocionais até certo ponto e, às vezes, pequenas coisas podem se transformar em problemas grandes e desnecessários. As pessoas emocionalmente inteligentes sabem dar uma pausa em uma reunião tensa ou conflituosa e se manter assertivas em todos os momentos, ou seja, comunicar-se com eficácia, respeito e empatia, mesmo quando estão sob muito estresse. Aprenda como ter uma comunicação assertiva remotamente..

Não se esqueça do objetivo

As pessoas que alcançam suas metas sempre têm em mente o objetivo de suas ações. Quando você mantém o objetivo final em mente, é mais fácil negociar com um cliente difícil, criar acordos bem-sucedidos onde todos ganham e concentrar sua energia no que realmente importa.

inteligencia emocional mantener la calma

Imagem: Freepik

Elimine relacionamentos tóxicos

Bons negócios se alimentam de boas energias. Pessoas tóxicas e negativas podem destruir uma boa relação de trabalho. Os empreendedores com alta inteligência emocional sabem que existem pessoas positivas o suficiente no mundo e que não há necessidade de desperdiçar energia gerenciando relacionamentos tóxicos. Conheça quem são e como identificar pessoas tóxicas no trabalho..

Mantenha-se conectado(a)

O término de uma relação de trabalho não significa que você deva evitar qualquer contato com as pessoas do seu trabalho. Isso também se aplica se um negócio não for fechado. As pessoas emocionalmente inteligentes mantêm o contato vivo, e sempre de forma amigável e positiva. Você nunca sabe quando vai trabalhar com eles novamente.

 Estes 10 conselhos para fortalecer sua confiança como líder contribuirá para o seu crescimento.

 

Como desenvolver a inteligência emocional no trabalho?

Se você conseguir desenvolver a inteligência emocional no trabalho, será sua ferramenta mais poderosa para alcançar boas relações de trabalho, e este aprendizado não se aplica apenas aos negócios, mas também aos relacionamentos pessoais.

No livro de Inteligência Emocional, Daniel Goleman menciona 5 características importantes que podem complementar sua prática no trabalho

Autoconsciência Emocional

Se uma pessoa tem um bom sentido de autoconsciência emocional, entende seus pontos fortes e fracos e está ciente de que suas ações afetam outras pessoas, então é uma pessoa autoconsciente e pode ser capaz de lidar e aprender com críticas construtivas.

Autorregulação emocional

Quem consegue se autorregular emocionalmente pode contar com maturidade em suas emoções. Esta pessoa não se abala com seus sentimentos, consegue se expressar com moderação e controle no trabalho.

auorregulacion emocional

Imagem: Freepik

Motivação pessoal

Pessoas que são emocionalmente inteligentes se automotivam. São resilientes e otimistas quando se deparam com circunstâncias difíceis no trabalho.

Se você praticar a motivação pessoal diariamente para atingir objetivos profissionais, poderá alcançá-los.

Desenvolver empatia

Uma pessoa que desenvolve empatia tem compaixão e uma compreensão da natureza humana que lhe permite conectar-se com outras pessoas em um nível emocional.

A capacidade de empatia ajudará você a fornecer um serviço excelente e responder genuinamente às perguntas ou preocupações de outras pessoas

Habilidades relacionais

Pessoas emocionalmente inteligentes podem estabelecer rapidamente uma relação de confiança com as pessoas que compõem sua equipe de trabalho.

As habilidades relacionais com que lidam permitem que evitem responder impulsivamente, evitem discussões no trabalho e desenvolvam respeito por quem está ao seu redor

O pensamento críticoe o pensamento criativo também ajudarão você a desenvolver sua inteligência emocional no trabalho.

Liderança eficaz e inteligência emocional

Uma habilidade característica que faz a diferença entre um líder e um chefe é que o primeiro possui todas as diretrizes para gerenciar a inteligência emocional no trabalho em suas equipes.

Investir em inteligência emocional no trabalho garantirá que sua empresa tenha mais funcionários comprometidos.

Goleman destacou a importância da inteligência emocional na liderança em uma entrevista que concedeu à Harvard Business Review, mencionando o seguinte:

“Os líderes mais eficazes são todos iguais de uma maneira crucial: todos eles têm um alto grau do que é conhecido como inteligência. Não é que o coeficiente intelectual e as habilidades técnicas sejam irrelevantes. Eles são importantes, mas... esses são os requisitos básicos para cargos executivos.” Daniel Goleman.

assertividade e empatia serão dois aliados para você se comunicar melhor. Aprenda também sobre  Liderança em tempos de crise: 7 chaves para uma transição de sucesso.

Exemplos de inteligência emocional aplicada ao trabalho

Mostraremos exemplos de alta e baixa inteligência emocional aplicada ao trabalho. Cada um deles fará você refletir sobre o seu próprio comportamento e se há algo para se ajustar... Então, faça!

1. Baixo nível de inteligência emocional: se uma pessoa está tendo um dia ruim e está estressada, chegando a tratar mal seus colegas de trabalho, isto é um indicador de seu baixo nível de inteligência emocional.

Do outro lado: se você observar o comportamento dele(a), oferecer apoio e tentar encorajá-lo(a) ou distraí-lo(a0 de seus problemas, estes são ótimos indicadores de que seu nível de inteligência emocional é alto (assertividade)

2. Alto nível de inteligência emocional: as pessoas costumam ser ouvidas nas reuniões; mas, outras vezes, todos falam ao mesmo tempo. Se você permite que os outros expressem suas opiniões e ouve com atenção, sem interromper, este é um bom indicador de que você tem inteligência emocional.

ejemplos manejo inteligencia emocional

Imagem: Freepik

Dica: se você receber feedback com alguns pontos de melhoria no seu trabalho e se sentir mal com isso, é importante que você identifique qual a emoção que está sentindo, faça exercícios respiratórios, converse com seus(suas) colegas de trabalho (eles(as) podem ser um grande apoio) e quando você estiver tranquilo(a), processe essas informações e faça um plano de ação para você. Enfrente essa emoção e transforme-a!

Esperamos que estes conselhos ajudem você a desenvolver um alto gerenciamento de sua inteligência emocional no trabalho. Lembre-se de que essas dicas não só devem ser lidas, mas também praticadas!

Obtenha uma Assinatura Premium e leve sua educação a outro nível

 

 

 

Recomendados para ti