Ansiedade por causa do coronavírus? 8 maneiras de controlar

Brasil 18 de Abril del 2020

user

Francesco Bertorini

Ansiedade por causa do coronavírus? 8 maneiras de controlar Ansiedade por causa do coronavírus? 8 maneiras de controlar

Tem sentido ansiedade e medo do coronavírus? O isolamento te preocupa e você se sente perdido pelo excesso de informação? Se você disse sim, está sentindo ansiedade.

Antes de tudo, deve saber duas coisas: você não está só e a ansiedade pode ser combatida.

Nunca se sentiu assim? Não há nada de errado com você.  Talvez você não saiba, mas a probabilidade de você sentir angústia e ansiedade no meio de uma quarentena é alta. Me sinto ansioso, como me controlo? Primeiro, trate de se acalmar e segundo, existe uma série de ferramentas que você pode usar para tornar mais suportável o isolamento obrigatório.

Por exemplo: evitar. O psicólogo clínico Álvaro Valdivia explica que “não tem problema tirar um tempo para evitar psicologicamente o que te faz sentir desesperado ou muito ansioso”.

Vamos conhecer maneiras de acalmar nossa ansiedade:

Descubra todos os nossos cursos de artesanato e explore sua criatividade

1. Evite o excesso de informação

Embora tenhamos necessidade de informação, em épocas de coronavírus os especialistas em saúde mental recomendam evitar o excesso de notícias. A quantidade de informação que circula por dia pode nos sobrecarregar e desencadear nossa ansiedade.

O psicólogo clínico Álvaro Valdivia afirma que “não tem problema evitar. Se em algum momento consideramos que estamos nos sentindo muito impressionados pela quantidade de informação ou que estamos confusos por termos diferentes fontes de informação(...), permita-se evitar”.

O que fazer? Siga as notícias da mídia ou contas oficiais. Assim você ficará informado só com o que importa.

2. Não viva nas redes sociais

Evite visitar as redes sociais constantemente e compartilhar informação não oficial por meio WhatsApp. A propagação das fake news no Facebook e no Twitter aumentou nos últimos dias, provocando a dispersão de outro vírus poderoso: a desinformação. 

Talvez você não saiba, mas as notícias falsas podem aumentar os níveis de ansiedade de muitos.

Felizmente, a Organização Mundial de Saúde (OMS) tem trabalhado junto com algumas redes sociais pra enfrentar uma “infodemia”. Apesar desses esforços, ainda há páginas de Facebook ou usuários que seguem propagando informação falsa.

O que fazer? Se informe apenas com profissionais ou especialistas. Verifique antes de dar por certo alguma notícia. Caso identifique uma conta ou página que está espalhando informação falsa sobre o coronavírus, denuncie. Não contribua para a desinformação.

3. Termine suas pendências

Retomar um projeto que você deixou parado no passado ou arrumar alguma parte da sua casa  pode te ajudar a combater a ansiedade. A ideia é que você estabeleça uma rotina.

“Se temos pendências ou algumas atividades pra fazer, e deixamos de realizá-las justamente por ter muito trabalho, este é o momento oportuno. Ajuda muito ter uma programação, ajuda muito ter horário. Mesmo que não sejam atividades tão grandes, o fato de saber que temos algo pra fazer nos distancia desse pensamento de isolamento que podem ser bem forte”, afirma Valdivia. 

¿Qué puedo hacer? Prográmate. Identifica las actividades que puedes realizar, haz una lista o arma un horario y manos a la obra.

4. Ansiedade, como se acalmar com atividade física

Fazer exercícios pode aliviar os sintomas da ansiedade. Se não sabe como lidar com ela, faça 30 minutos de atividade física por dia. Lembre-se que fazer exercícios libera endorfina, substância química natural que aumenta a sensação de bem-estar. 

Além disso, segundo Valdivia, “a atividade física é importante porque nos da energia, sentimos melhor ao fazer alguma coisa, nos sentimos mais produtivos”.

Não sabe como começar? Não precisa ser uma rotina muito complexa. No YouTube, por exemplo, tem muitos canais dedicados à atividade física que podem te ajudar a começar com uma rotina básica de exercícios.

Valdivia recomenda também relacionar a atividade física com coisas que nos falta fazer em casa como limpar ou organizar. Se te falta arrumar seu quarto, esse é o momento.

Obtenha uma assinatura Premium e leve sua educação a outro nível

5. Faça atividades manuais

Se a sua não é exercícios, então experimente uma atividade manual. Este tipo de atividade demanda muita concentração de nossa parte, o que pode ajudar a combater a ansiedade. Aqui vão algumas recomendações:

- Pegue um lápis e um caderno e comece a desenhar. Um rosto, por exemplo.

- Se tem crianças em casa, não será difícil encontrar tinta guache, giz de cera ou aquarela. Por que não pintar com eles?

- Borde ou tricote. Estas são atividades manuais muito recomendadas.

- Comece um diário. Escreva como se sente.

- Leia os livros que não podia ler por falta de tempo ou excesso de trabalho.

- Aprenda a fazer suas próprias sobremesas. Que tal uns biscoitos de aveia??

- Encontre alguns tutoriais de atividades manuais aquí.

6. Tome uma ducha

Os choques de temperatura são outra forma de combater a ansiedade. O que isso quer dizer? Por exemplo, se você se sente muito estressado por causa de teletrabalho (sabemos que não é simples se adaptar), deixe o que está fazendo e tome uma ducha.

Valdivia explica: “os choques de temperatura são muito bons quando sentimos muita ansiedade. Tomar uma ducha fria, colocar panos frios no rosto, gelo ou água nos ajuda a baixar a ansiedade quando nos concentramos no que estamos fazendo”.

7. Converse com os outros

Não tem problema conversar sobre nossas dificuldades. Deixe os outros saberem como se sente a respeito do momento ou um assunto que surgiu em casa. Se estiver do outro lado, preste atenção aos sentimentos que a pessoa demonstra. Escute sem julgar.

É normal que aconteçam discussões e desavenças em casa durante a quarentena? Valdivia explica que quando ficamos com as mesmas pessoas durante muito tempo “é absolutamente normal ter dificuldades ou ter encontros em que não estamos de acordo com o que acontece”. Por isso ele recomenda “ter bastante paciência e pensar que o que estamos fazendo é em benefício da população”.

8. Respire lenta e profundamente

Os exercícios de respiração também servem para ajudar a aliviar a ansiedade.

Exercício 1:

- Respire em sincronia com este GIF:

 

Exercício 2:

- Inspire profundamente durante 4 segundos

- Expire pelo nariz durante 6 segundos

- Repita o exercício duas ou três vezes

Concentre-se em seus objetivos com o curso Gerenciamento de Tempo e Produtividade

Lembre-se que o isolamento preventivo é para proteger as pessoas mais vulneráveis do coronavírus. No entanto, isso não significa que devemos descuidar de nossa saúde mental. Se você sente que não consegue controlar sua ansiedade, apesar de ter praticado estes conselhos, é melhor que entre em contato com um especialista. Juntos podemos superar esta pandemia.

Recomendados para ti