Como criar na quarentena? Ilustradores compartilham seus melhores conselhos

Última actualización 15 de Abril del 2020

user

Antonella Morelli

Como criar na quarentena? Ilustradores compartilham seus melhores conselhos Como criar na quarentena? Ilustradores compartilham seus melhores conselhos

Criar é difícil, isoladamente ou não. Ou seja, embora não seja difícil trabalhar no conforto da sua casa, às vezes o ato criativo pode ser um pouco estressante. Por isso que, no Crehana recomendamos que você leve em consideração esses quatro aspectos para que criar não se torne uma tarefa impossível nestes dias:

- Disciplina: você precisa acordar cedo, evitar distrações e levar a sério.

- Organização: vamos nos acostumar a medir nosso progresso, definir metas e ser estratégicos com nossa energia.

- Hábitos de aço: vamos fazer as pazes com a rotina e, se somos incompatíveis, vamos definir uma não-rotina que funcione para nós.

- Muita autoconsciência: vamos refinar o gerenciamento e o investimento das nossas emoções.

 

Mas o que funciona para um pode não funcionar para o outro, e entender isso é a base do trabalho bem-sucedido em casa e em qualquer lugar. Abaixo, compartilhamos as práticas de diversos ilustradores bem-sucedidos, que criam em casa e em qualquer época do ano e prosperam nesse estilo de vida autônomo e flexível.

Faça o download gratuito do nosso e-book Fundamentos da Ilustração

Ree

Ilustradora e youtuber que opera sua própria loja de produtos. Ela também ensina Ia ilustrar cenas e personagens inesquecíveis  no Crehana.

Não tenha medo de tirar o máximo proveito da situação: assista à Netflix enquanto você desenha, ouça um podcast ou audiolivro enquanto edita ou mesmo leia o livro que estava pendente. Anote qualquer coisa interessante. Consumir conteúdo pode não apenas ser um descanso mental, mas, também, uma grande fonte de inspiração.

O próximo passo é se desafiar e se esforçar para fortalecer o músculo criativo. Isto não é fácil, principalmente com ansiedade, mas é necessário para não ficarmos sem combustível. Estou sempre fazendo algum desafio: agora, me propus a preencher um caderno de desenho em uma semana e antes fizr coisas como desenhar personagens, experimentar meu estilo ou criar vídeos sobre desenhos toda semana.

Se você não está sem motivação, no YouTube há muitos ilustradores compartilhando seus processos criativos. Ver outras pessoas criando também foi uma grande ajuda para mim. Isso me leva a essa zona mental de criatividade e entusiasmo por trabalhar.

Por fim, é muito importante desconectar-se, não fazer absolutamente nada (tornar-se uma batata) e desfrutar da sua própria companhia sem pressões. Muitas vezes, as melhores ideias aparecem nesses momentos em que você esquece que precisava de uma nova.

Continue em sua carreira como ilustrador(a) com estes cursos

 

 

Lepench

Ilustrador e designer freelancer..

Neste momento, podemos tirar proveito de vasculhar em cadernos antigos ou arquivos descartados. Não só ajuda a revisar o caminho que você percorreu e verificar seu progresso, mas também no caso de você querer reviver um antigo desenho. Quase como fazer um "draw this your style", mas de você mesmo(a). Isso lhe dá uma perspectiva de si mesmo(a) e facilita o discernimento em quais áreas você melhorou e em quais ainda falta alguma coisa. Às vezes, inclusive, até esquecemos a maneira como desenhamos algo em particular que gostaríamos de retomar, como nos referenciando a nós mesmos. Isso e tomar banho, a higiene é importante.

Vitaminas gráficas 

IIlustradora e criadora de workshops sobre criatividade, estilo e narrativa gráfica. Ensina Ilustração com formas geométricas no Crehana.

Motivar a reflexão e dar informações sobre questões sociais é uma maneira de usar a ilustração como um motor de mudança. Eu recomendo estas leituras (veja a imagem), que abordam problemas sociais sobre sexismo, machismo, patriarcado para, assim, entender por que o feminismo é tão importante. Você pode ver a descrição resumida de cada livro no meu post do IG.

Okuma

Artista de HQs, designer e ilustradora independente.

Se você pertence ao campo criativo, deve ter cuidado com a proporção do conteúdo que consome. É hora de trabalhar nesse livro ilustrado, na graphic novel, no curta de animação ou no projeto que você tanto deseja. Não tem que se perder nas referências, nos grandes planos, nem alcançar a perfeição, que sem querer se tornam desculpas. O compromisso com o seu próprio trabalho é o que diferencia um sonhador de um verdadeiro criador.  

Jota

Ilustrador a artista de HQs. Ensina o curso "Supere o bloco criativo: ilustre seu caderno de desenho" no Crehana.

Mantenha-se atualizado e faça fanarts: nesses momentos de confinamento, reserve um tempo para você, leia os livros que você comprou, mas nunca pôde começar, assista aos filmes sobre os quais seus amigos falam e você concorda em não ficar “mal na fita” ou aprenda algo novo ( um curso no Crehana — o meu, por exemplo). Mas, acima de tudo, como ilustrador, aproveite cada nova atividade para criar. Recentemente a Netflix fez o upload de todo o Ghibli, e eu estou fazendo muitas fanarts. Pense também que, como você, seus amigos também estão presos — então, é a hora certa fazer colaborações artísticas.

Este post é parte de uma série. Em breve, mais dicas de mais ilustradores! Não se esqueça de explorar nossa categoria de Ilustração e Desenho para continuar aprendendo.

 

Recomendados para ti