Dicas para um(a) CEO dar um feedback construtivo para sua equipe

Última actualización 13 de Noviembre del 2020

user

Paula Cordero

Dicas para um(a) CEO dar um feedback construtivo para sua equipe Dicas para um(a) CEO dar um feedback construtivo para sua equipe

O feedback é uma ferramenta incrivelmente poderosa. Se usado da maneira certa, permite aos profissionais melhorar seu desempenho na empresa e o nível de confiança que depositam nos demais colegas.

O que é um feedback?

A retroalimentação ou feedback é uma resposta a algum estímulo para avaliá-lo. No mundo empresarial, este termo é utilizado para se referir às avaliações realizadas entre uma equipe de trabalho para melhorar o desempenho da área.

Como CEO da organização, é fundamental entender que o feedback é algo positivo para a empresa. Se o(a) trabalhador(a) for repetidamente informado(a) sobre o seu desempenho, poderá aperfeiçoar a execução das suas tarefas e compreender detalhadamente qual é a sua função dentro da empresa.

Por que é importante dar feedback?

Como líder da organização, é imperativo que um(a) CEO faça reuniões de feedback com seus colegas para melhorar a comunicação e obter uma visão de como sua equipe está progredindo. Mas, para alguns profissionais, o feedback gera ansiedade e insegurança. A Harvard Business Review observa que 69% tentam evitar a comunicação de informações negativas e 37% não fazem comentários críticos.

Um(a) CEO deve ser capaz de receber e dar feedback de forma assertiva para fazer seu negócio crescer. Se os erros ou fragilidades dos colaboradores não forem identificados, será difícil para eles melhorar seu desempenho no trabalho. Muitas vezes não percebemos nossas falhas, e nada melhor do que uma pessoa que trabalha conosco e conhece nossas funções para nos dar recomendações.

Você já sentiu que um(a) trabalhador(a) ficou ofendido(a) após algum feedback? Se isto já aconteceu, este artigo ajudará você a perceber se conduziu sessões de feedback eficazes e se comportou-se de maneira empática.

Resumimos alguns passos para dar um feedback eficaz:

✔️ Valorize o trabalho do(a) funcionário(a): ao iniciar a conversa, é preferível apontar as formas como este(a) trabalhador(a) contribui com a equipe e a organização. Esta etapa ajuda a quebrar o gelo com o(a) profissional.

Jack Stahl, diretor executivo da Revlon e ex-presidente da Coca-Cola, menciona que, quando a retroalimentação é enquadrada em termos do que o(a) funcionário(a) já fez bem, é mais fácil receber a mensagem de forma eficaz. O(A) colaborador(a) recebe o feedback como uma possibilidade de sucesso, e não como algo que o(a) atrapalha.

feedback

Imagem: Freepik

✔️Seja específico(a): a retroalimentação deve causar um desejo imediato de mudar a maneira como se faz as coisas. Para que isso aconteça, é importante ser claro(a) e conciso(a). Dizer ao(à) funcionário(a) para "melhorar sua forma de fazer relatórios" ou "aperfeiçoar sua redação de e-mails" não o(a) ajudará, porque são comentários muito gerais.

É melhor ser direto(a) e dar um feedback que detalhe ações específicas, como gerenciamento de tempo para não se atrasar para reuniões de trabalho, implementação de pastas para organizar as informações de forma mais eficiente, etc. Oferecer de três a quatro exemplos específicos que revelem o padrão de comportamento em que você deseja que seu(sua) colega mude é uma grande ajuda.

✔️Mantenha a conversa privada: uma má prática ao dar feedback é fazê-lo na frente de outras pessoas. Algumas pessoas acham desconfortável ser o centro das atenções ou consideram ofensivo tornar sua retroalimentação pública. Se esta conversa for privada, será mais suportável e dará espaço para mais trocas de ideias.

✔️Não faça sessões de feedback “surpresa”:o portal 15Five esclarece que apenas um terço das pessoas acredita que os comentários que recebem são úteis. Por que isso acontece? Porque, na maioria das vezes, essa retroalimentação não é solicitada, o que causa estresse e ansiedade no(a) trabalhador(a) ao recebê-lo(a).

Recomenda-se que dentro da empresa todos sejam conscientizados sobre a importância de receber feedbacks. É impossível melhorar se não estiver claro quais são os pontos fracos da equipe. O melhor é que os próprios funcionários agendem reuniões para receber comentários que os ajudem a melhorar seu desempenho — assim, se sentirão mais seguros e confortáveis.

✔️Seja empático(a): para iniciar esta conversa, você precisa ser muito empático(a). Ao se colocar no lugar do(a) receptor(a), você será capaz de pensar: como gostaria que lhe dessem um feedback? Procure ser cordial e sincero(a), sem a necessidade de ofender com palavras pejorativas ou desagradáveis. O objetivo do feedback é criar um ambiente de confiança onde o(a) funcionário(a) se sinta confortável e grato(a) pelos comentários recebidos.

Deixe que a outra pessoa responda aos seus comentários e permita que ela faça perguntas de acompanhamento. Uma vez que o problema esteja claro, uma solução eficaz e os próximos passos podem ser discutidos juntos.

feedback

Imagem: Freepik

✔️Acompanhamento: o objetivo do feedback é mudar alguns hábitos de trabalho que não estão favorecendo o desempenho do(a) colaborador(a). Por isso, você precisa ter certeza de que, após discutir os pontos de melhoria, eles sejam realmente colocados em prática. Depois de duas semanas, é um bom momento para conversar e descobrir como seu feedback foi eficaz.

✔️Não use o método do “sanduíche”: é uma boa iniciativa mencionar os aspectos positivos do(a) seu(sua) colega, mas não mencioná-los repetidamente, porque o feedback real terá menos valor. Intercalar o feedback corretivo entre duas mensagens positivas não suaviza a comunicação. O(A) funcionário(a) se sentirá confuso(a) e não entenderá claramente quais são seus pontos para melhorar. Certifique-se de ter uma conversa autêntica sendo sincero(a) e direto(a).

✔️Foque no desempenho, não na personalidade: concentre-se no comportamento de seu(sua) colega (o que ele(a) faz no trabalho) em vez de em sua personalidade (como ele(a) é).

Por exemplo:

Feedback 1: "Seu egoísmo está causando problemas na equipe"

Feedback 2: "Quando você não permite que seus colegas compartilhem suas ideias, isso causa um ambiente de trabalho ruim"

Neste caso, o correto a fazer seria seguir o segundo exemplo, pois se refere ao comportamento da pessoa. Certifique-se de não mencionar outros trabalhadores em seus comentários. Não diga coisas como "todos na equipe estão cansados do seu comportamento", porque isso cria um ideia errônea sobre o que a equipe pensa. A retroalimentação deve ocorrer apenas a partir da sua perspectiva.

Resumindo, estas dicas ajudarão a melhorar a maneira como você dá feedback na empresa. Você já tinha seguido estas sugestões? Sempre tenha em mente que o objetivo dessas reuniões é melhorar a comunicação entre a equipe e construir confiança para apoiar uns aos outros a melhorar seus skills.

Recomendados para ti