Mamãe, o que é design gráfico? Eu te digo sem vacilar

Última actualización 03 de Octubre del 2020

user

Juliane Angeles

Mamãe, o que é design gráfico? Eu te digo sem vacilar Mamãe, o que é design gráfico? Eu te digo sem vacilar

Você está se perguntando o que é design gráfico? Ou gostaria de explicar melhor para sua família e amigos o que é o fascinante mundo do design (sem ter que mentir muito)? Pare de sofrer!

Dedicamos nosso tempo e trabalho para explicar isso em partes e da melhor maneira possível. Aproveite enquanto não fazemos alterações 😉

 

Acesse todos os nossos cursos com uma Assinatura Premium

 

Índice

  1. Tipos de design
  2. O que é design gráfico?
  3. O que é um elemento de design gráfico e que tipos existem?
  4. Onde o design gráfico é aplicado?
  5. História do design gráfico para crianças e adultos
  6. Os tipos de design gráfico
  7. A chegada do design gráfico digital e como ele mudou nossas vidas
  8. Principais programas de design gráfico hoje
  9. O papel do(a) designer gráfico em nossos dias
  10. O que se estuda em design gráfico?
  11. Por que estudar design gráfico?
  12. Campo de trabalho para o design gráfico
  13. Qual é a relação entre o design gráfico e a publicidade?
  14. Qual é a diferença entre um(a) ilustrador(a) e um(a) designer gráfico(a)?


 

1. Tipos de design

Antes de conhecer os tipos de layout, vamos ver qual é a definição de layout. Design é a “concepção original de um objeto ou obra”. Ou seja, é uma configuração prévia que busca uma solução em um dos campos relacionados à criatividade. Esses campos nada mais são do que os tipos de design que conhecemos atualmente.

Descubra os cursos de Design gráfico que temos para você

Design editorial

É uma das modalidades de design gráfico, responsável pela concepção, diagramação e composição de publicações (impressas ou digitais) como livros, revistas, jornais, etc. O design editorial cria designs tendo em mente o conteúdo, a forma e o leitor.

Estes cursos de design editorial podem interessar a você:

 

 

Web design

É um tipo de design que foca no processo de desenho de páginas e aplicativos web, mas também na atração de leads (usuários que deixam seus dados em uma landing page em troca de um conteúdo de seu interesse, geralmente gratuito). Este processo também inclui tornar a experiência do usuário mais amigável, o que é conhecido como UX Design.

Estes cursos de web design e UX Design podem interessar a você:

 

Design industrial

Qual é o design industrial? É uma das modalidades de design orientadas para a criação e desenvolvimento de objetos, produtos e serviços, podendo estes ser produzidos em série ou em grande escala. O desenho industrial possui um campo de atuação diversificado: brinquedos, veículos, cosméticos, artefatos, tecnologia, decoração, etc.

Estes cursos de design industrial podem interessar a você:

 

Design de Moda

É responsável pela criação de roupas e acessórios de acordo com as influências do contexto ou dependendo do estilo do(a) designer. O(A) profissional de design de moda domina os processos têxteis, como modelagem e confecção profissional e industrial, e é capaz de criar e gerenciar marcas. Uma das especializações do design de moda é o design têxtil.

Este curso de design de moda pode interessar a você:

Design de interiores

É uma das vertentes do design que se responsabiliza por conceber espaços funcionais e estéticos com propostas inovadoras e abrangentes. Esses espaços podem ser comerciais, corporativos ou residenciais.

Estes cursos de design de interiores podem interessar a você

Design gráfico

De um modo geral, o design gráfico trata de comunicar uma ideia ou mensagem visualmente. Como este é o tipo de design que desenvolveremos em profundidade neste artigo, vamos começar com uma pergunta óbvia, mas muito necessária: o que é design gráfico?

2. O que é design gráfico?

Considera-se design gráfico as atividades que visam comunicar por meio de imagens ou um conjunto de elementos visuais, que transmitem — desde o conceito — uma ideia ou sensação ao(à) espectador(a) (mas não a qualquer espectador(a)). No âmbito da definição de Design Gráfico, estabelece-se que a mensagem produzida responde a objetivos específicos, dirigidos a um determinado público para o qual a mensagem se dirige.

Sem ir mais longe na explicação, Design Gráfico é tudo o que transmite algo através de uma composição visual, seja amor, ódio, alegria ou tristeza, mas com particular ênfase em um público e objetivos específicos. Até mesmo os cartazes políticos transmitem algo (embora seja difícil admitir), mas não se destinam a todos.

 

 

Estes hacks do Photoshop ajudarão você a otimizar seu fluxo de trabalho

Hacks de Photoshop

 

3. O que é um elemento de design gráfico e que tipos existem?

Os elementos visuais que o designer usa na hora de criar o conteúdo, ao contrário do que muitos pensam, têm uma base muito básica e simbólica. Você leu "básico", mas não se assuste! Continue lendo.

Você já ouviu falar no ponto, mas não como um elemento que fecha uma frase, e sim como um elemento visual do qual todas as formas são compostas. Bem, um ponto é a base de tudo, já que vários pontos podem formar uma linha, e com um grupo muito grande de pontos você ganha — Tchans! — uma forma texturizada.

Certamente, você também ouviu falar sobre a linha, mas não quando lhe dizem que você já cruzou a linha (isso acontece com você porque você não mede bem suas ações). Não, não se confunda, a linha é o segundo elemento visual mais importante no design. E, como dissemos, a linha é composta por vários pontos, infinitos deles, e podem ajudar a traçar ou delimitar o seu plano. Com a linha você pode transmitir a energia daquilo que deseja comunicar criando movimento, algo de que nenhuma imagem deve prescindir.

E não esqueçamos o plano, o elemento ideal que permitirá definir a área sobre a qual vai trabalhar uma composição. Junto com esses elementos básicos e primordiais, também serão usados os seguintes: espaço, volume, ritmo, equilíbrio, textura, cor, simetria/assimetria, figura, fundo, tempo, movimento, escala, hierarquia e grade.

 

la linea, el punto y el plano en el diseño grafico

Vasili Kandinsky - Composição #8 (esta pintura representa muito bem o uso dos elementos básicos)

 

Como você pode ver, projetar não é uma questão de casualidade e requer um entendimento realmente profundo de porque certos elementos são usados na composição de uma imagem. Você já tem o que responder à sua tia que pede para você fazer alguns "desenhinhos" para ela.

4. Onde o design gráfico é aplicado?

Atualmente, suas aplicações são muito variadas e vão desde o editorial (livros, revistas, almanaques, etc.) até o digital (páginas da web, aplicativos, catálogos virtuais, videogames). Hoje em dia, é muito difícil encontrar algo que não tenha um design (mesmo que seja mal desenhado e dolorido para nós). Você pode até encontrar nos elementos do seu dia a dia, como a xícara de seu café todas as manhãs ou os sinais de trânsito que você vê no caminho para o trabalho (não surgiram do nada, alguém teve que desenhá-los).

5. História do design gráfico para crianças e adultos

historia del diseño grafico

 

Você pode se perguntar por que essa história de design é para crianças e adultos? Pois bem, porque o design gráfico é para todos e tem a sua origem nesta premissa. Se voltarmos ao Paleolítico, veremos como os homens das cavernas já se comunicam da forma mais natural possível através de pinturas nas paredes de rocha.

Não existia uma linguagem como tal; então, nenhuma descrição daquela época foi encontrada, mas o que você acha? Eles nos legaram figuras representativas de cenas de caça. É o que hoje conhecemos como "pinturas rupestres".

Embora a pintura rupestre não pudesse ser considerada nas definições atuais do design gráfico, este tipo de manifestação artística faz parte de sua origem. A comunicação através de imagens é algo que fazemos desde pequenos, pois é a forma mais simples e natural de nos fazermos entender. Quando somos crianças, começamos a descobrir o mundo e a nos expressar. O ser humano antigo também estava descobrindo o mundo e encontrando as maneiras de se comunicar com seu entorno.

Milhares de anos tiveram que se passar até que uma linguagem formal fosse conhecida, por códigos ,em vez de representações (os hieróglifos egípcios antigos fazem parte dessa transição). Podemos nomear quem fez hieróglifos ou esculpiu as pedras como um designer gráfico? É uma questão que pode gerar polêmica, mas seria justo atribuir o título de “primeiros designers” a quem realizou uma atividade gráfica com o intuito de transmitir informação.

Com a invenção da escrita, a linguagem gráfica adquiriu novos recursos de comunicação. Na Idade Média, os livros religiosos tinham ornamentos gráficos coloridos acompanhados de texto, a fim de tornar a mensagem muito mais visual e marcante.

As imagens enriqueceram o imaginário coletivo, dando origem à criação artística por inspiração ou referência. Com a chegada da imprensa em 1440, popularizou-se a publicação de livros e imagens, criando uma nova indústria em torno do gráfico, que deu origem a novas profissões, inclusive a do técnico encarregado da diagramação do conteúdo na máquina e suas ferramentas, e a profissão do encarregado de realizar a impressão.

A partir do século 18 e com a era industrial, a demanda por conteúdo visual voltado para a promoção de produtos de massa exigia especialistas treinados em cores e formas para gerar imagens voltadas para um público muito específico. É nesse momento que surge a imagem dos primeiros designers gráficos, embora não como os conhecemos hoje.

6. Os tipos de design gráfico

Com o desenvolvimento do design como profissão nos séculos XIX e XX, surgiram categorias relacionadas com a área, mas com foco em determinados setores. Estas são:

O Persuasion Design, que visa gerar uma mudança na percepção do público, motivando um comportamento ligado ao consumo de bens ou serviços.

Encontramos também o Desenho de Administração, que se destina a trabalhos corporativos que incluem a elaboração de faturas, formulários, documentação, entre outros.

Outro tipo, e com o qual convivemos dia a dia, é o Design para informação. Inclui tudo o que se relaciona com revistas, jornais e qualquer outro meio de divulgação de acontecimentos ou situações específicas, como sinais de trânsito ou de alerta, por exemplo.

Poderíamos citar outros tipos de design, como o educacional, mas como você pode ver, a aplicação do design corresponde a cada área da vida diária e profissional. Faça o exercício de encontrar outra área específica para isso e você perceberá que poderá até encontrar um tipo de design que não imaginou (design de criaturas fantásticas, talvez?).

Você já conhece os shortcuts do InDesign, Illustrator e Photoshop??

Shortcuts InDesign, Illustrator, Photoshop

 

7. A chegada do Design Gráfico Digital e como ele mudou nossas vidas

Desde o final do século 20, a comunicação foi completamente transformada com a computação moderna e a acessibilidade das ferramentas de computador para o público em geral. Isto deu, também, um novo rumo à atividade do designer gráfico, que, munido das facilidades da tecnologia informática, conseguiu encontrar o seu caminho para a nova era da comunicação, deixando de lado a arte manual do design gráfico para o moderno, mas cada vez mais acessível, design gráfico digital.

Desde Gutenberg com sua máquina de impressão, a indústria editorial não teve um impacto tão grande quanto com a era da eletrônica e, posteriormente, com seu auge na era da Internet. Agora o designer não tinha apenas uma ferramenta, mas também os meios para controlar melhor o processo de criação, armazenando imagens, transformando-as, até mesmo encontrando a inspiração necessária para concluir um projeto.

 

8. Principais programas de design gráfico hoje

Programas de design gráfico que não devem faltar — nunca — em seu arsenal criativo são o Adobe Photoshop (para manipular imagens, como fotografias), o Adobe Illustrator (desenho vetorial), Corel Draw (criação vetorial e edição de imagens), o SketchUp (para designs em 3D) e o GIMP (programa gratuito de edição de imagens). Alguns dos programas mencionados são pagos ou de assinatura (como os produtos da Adobe) e são voltados para um público profissional, mas você também tem opções gratuitas como o GIMP, em que você não precisa ser um(a) especialista para produzir conteúdo visual em conformidade com suas expectativas.

9. O papel do(a) designer gráfico(a) em nossos dias

 

que es el diseño grafico para diseñadores

 

 Como designers, faz parte da nossa missão saber porque existe esta bela profissão, pois assim saberemos para onde vamos e o que o futuro nos reserva, já que não fazemos apenas imagens para vender um produto, mas também somos comunicadores com responsabilidade social. Cada imagem produzida com a ajuda do design tem um impacto na sociedade e na cultura.

Agora, você sabe que tipo de designer gráfico(a) é? Faça este teste e divirta-se um pouco.

 

10. O que se estuda em design gráfico?

A carreira de design gráfico(a) inclui um currículo baseado nos fundamentos do design, a utilização de ferramentas digitais, web design, animação, fotografia e audiovisuais. Também inclui uma série de cursos gerais ou básicos, como línguas e matemática, mas isso depende do currículo de cada universidade e instituto.

Se você quer saber o que se estuda em design gráfico, aqui está uma lista de cursos ou disciplinas que normalmente são ministradas na carreira de design gráfico.

 

  • Comunicação visual
  • Design digital
  • Desenho web
  • Ilustração
  • Criatividade
  • Introdução ao desenho
  • História do design gráfico
  • História da arte
  • Redação criativa
  • Branding
  • Infografia
  • Tipografia
  • Desenho editorial
  • Animação
  • Fotografia aplicada
  • Semiótica do design
  • Marketing
  • Audiovisuais

 

qué es el diseño gráfico

Foto: Unsplash

11. Por que estudar design gráfico?

O design gráfico é uma profissão que combina técnicas artísticas e conceitos estéticos com foco na comunicação visual. Nesse sentido, o design gráfico é uma carreira muito versátil em seu processo de aprendizagem e em sua aplicação profissional. É precisamente esta versatilidade que o torna uma carreira muito interessante e apaixonante.

Embora ser designer gráfico exija certas habilidades artísticas, é imprescindível o pensamento criativo e estratégico para cumprir o papel principal desta profissão: resolver problemas. Mas não problemas de comunicação, e sim problemas de comunicação visual.

Por exemplo: se uma empresa precisa construir sua marca e se dar a conhecer, vai precisar de um logotipo e de diferentes peças gráficas para resolver esse problema. Se uma editora precisa publicar um livro ou revista, um(a) designer gráfico(a) (especializado(a) em design editorial) poderá solucionar problemas de comunicação por meio do desenho da capa e da diagramação da publicação.

 

250 brushes estilo aquarela para Photoshop que você deve baixar

12. Área de trabalho de design gráfico

Com o passar dos anos, o campo do design gráfico se ampliou. Hoje, os(as) designers gráficos(as) podem trabalhar em agências de Design e Publicidade, mas também em outras áreas não tão conhecidas. Vamos conhecê-las:

  • Estúdios de animação
  • Startups
  • Agências de mídia digital
  • Agências de marketing digital
  • Agências de ilustração
  • Estúdios de fotografia e pós-produção
  • Mídia (televisão, jornais, páginas web)
  • Editoriais
  • Museus
  • Feiras e exposições
  • Centros culturais
  • Departamentos de comunicação e marketing
  • Instituições educativas
  • Instituições privadas e públicas

 

Outra vantagem importante do design gráfico é que você pode praticar de forma independente, ou seja, como designer gráfico(a) freelance. Se você escolher esse caminho, poderá desenvolver seu próprio portfólio de clientes para solucionar suas necessidades de comunicação visual.

campo laboral del diseño gráfico

Foto: Unsplash

13. Qual a relação entre design gráfico e publicidade?

A relação entre o design gráfico e a publicidade é a mesma que podemos observar entre a engenharia e a sua aplicação em diferentes campos: engenharia mecânica, industrial, de sistemas, de som, etc.

Portanto, a publicidade é mais um campo de aplicação do design gráfico, entre os muitos em que o design pode ser aplicado (editorial, identidade, marketing, imprensa, ambientes digitais, etc.).

Só que neste caso existe uma relação mais estreita, uma vez que a publicidade exige comunicar e persuadir com aqueles elementos que o design gráfico desenvolve de forma visual e estética: imagem, cor, tipografia, equilíbrio e harmonia visual, etc. Portanto, algumas instituições de ensino ensinam a especialidade de “design publicitário”.

Podemos dizer que são especialidades muito complementares, mas nem sempre têm as mesmas finalidades. Lembre-se de que toda peça de publicidade pode conter design gráfico, mas nem todo design gráfico é necessariamente publicidade.

 

14. Qual é a diferença entre um(a) ilustrador(a) e um(a) designer gráfico(a)?

A ilustração e o design gráfico são especialidades interdependentes e têm a mesma relação que existe entre a matemática e a engenharia. Uma alimenta e otimiza o efeito ou trabalho da outra.

No design gráfico, o uso de ilustrações é muito recorrente, justamente para complementar ou melhor comunicar uma mensagem. Portanto, não deve ser surpresa que em muitos currículos de design gráfico haja um curso de ilustração. Embora nem sempre apareça com esse nome.

A origem do design gráfico tem entre seus primeiros afluentes a ilustração. Os(As) primeiros(as) ilustradores(as) foram artistas que dominaram o desenho e a pintura e, quando seu trabalho era necessário para ambientes editoriais ou comerciais, adaptavam sua técnica aos processos gráficos e à produção em série, como a imprensa.

No entanto, ao longo do tempo, o design gráfico agregou diferentes especialidades ao seu processo e evoluiu em técnicas e conceitos até se tornar uma das principais especialidades da comunicação visual.

 

 

Com este pack de brushes você pode ilustrar seus personagens favoritos no Photoshop

pack de brushes para photoshop

 

Esperamos que a leitura deste artigo tenha sido uma experiência muito educativa para você. Se tiver dúvidas ou achar que perdemos um tópico relevante em Diseño Gráfico,  não hesite em nos deixar seu comentário.😊

 

Recomendados para ti