Python - a linguagem de programação mais popular de 2020

Última actualización 24 de Agosto del 2020

user

Juliane Angeles

Python - a linguagem de programação mais popular de 2020 Python - a linguagem de programação mais popular de 2020

Você está muito interessado(a) em programação? Então, você precisa conhecer a linguagem de programação Python. Não, não tem exatamente a ver com pítons e cobras — então, você pode soltar seu cachorro (mais tarde contaremos por que ela é chamada de Python).

Mas, por que Python? Basicamente, porque é acessível, fácil e pode ser utilizado em vários ambientes. E porque está sendo usado e valorizado cada vez mais por mais programadores no mundo.

Na verdade, uma classificação recente do IEEE Spectrum (uma publicação de ciência aplicada e engenharia de grande reputação) coloca o Python como a linguagem de programação mais popular de 2020, seguido do Java, C, C++ e JavaScript.

Isto explica porque grandes empresas como Google, Instagram, Pinterest, Facebook, Netflix ou Dropbox continuam a usar o Python em seu desenvolvimento tecnológico. Além disso, nesta lista de "celebridades tecnológicas" que usam Python está a NASA. Entende porque deve conhecê-lo?

O fato é que o Python está na moda e todos querem saber dele. Você também — senão, não estaria lendo este artigo.

Descubra os cursos da Web que temos para você

Índice

  1. O que é o Python e para que serve?

  2. Quais são as características do Python?

  3. O que pode ser feito com o Python?

  4. Por que é chamado de Python?

  5. Os princípios do Python

  6. Como instalar o Python?

  7. Como programar em Python?

 

1. O que é o Python e para que serve?

É uma linguagem de programação interpretada, multiparadigma e multiplataforma usada, principalmente, em Big Data, IA (Inteligência Artificial), Data Science, frameworks de teste e desenvolvimento web. Isto a torna uma linguagem de uso geral de alto nível devido à sua extensa biblioteca, cuja coleção oferece uma ampla gama de instalações.

O Python nasceu durante as férias de Natal de 1989, quando o desenvolvedor holandês Guido van Rossum decidiu escrever um intérprete para a nova linguagem de scripting na qual ele estava trabalhando.

Sua vasta experiência na implementação do sistema ABC — uma linguagem de programação de alto nível, estruturada e interativa — somou-se à sua iniciativa de criar uma linguagem mais simples, intuitiva e poderosa. Assim, em 1991, nasceu o Python (sim, tem 29 anos, é millennial), conhecido hoje como o sucessor da linguagem ABC.

qué es python

Imagem:devmagazine.co

Junte-se à família premium e continue aprendendo em casa

2. Quais são as características do Python?

A linguagem Python caracteriza-se por ser simples, rápida e ter uma curva de aprendizagem curta e amigável. Ele é desenvolvido sob uma licença de código aberto — portanto, seu uso e distribuição são gratuitos.

Mas o que significa "interpretado", "multiparadigma" e "multiplataforma"? Explicamos de forma simples:

  • Interpretado: significa que o Python “interpreta” o código do programador, ou seja, o traduz e executa ao mesmo tempo

  • Multiparadigma: por ser uma linguagem de programação que suporta o uso de vários paradigmas de programação (modelos de desenvolvimento), não requer um único estilo de programação dos programadores. Quais são os paradigmas de programação que o Python permite? Programação orientada a objetos, programação imperativa e programação funcional.

  • Plataforma cruzada: a linguagem Python pode ser executada em diferentes sistemas operacionais, como Unix, Linux, macOS e Windows.

 

Além disso, o Python é de tipado dinâmico (quando uma variável pode assumir valores de diferentes tipos ou se adaptar ao que escrevemos) e pode ser usado como uma linguagem de extensão para aplicativos que precisam de uma interface programável.

3. O que pode ser feito com o Python?

Uma pesquisa de 2019 feita pelo próprio Python descobriu que 59% dos desenvolvedores usam Python para Data Analysis. Mas também para o seguinte:

  • Web Development
  • Machine Learning
  • DevOps / System administration / Writing automation scripts
  • Programing of web parsers / scrapers / crawlers
  • Software testing / Writing automation tests

 

E um longo etc. Concluindo, as coisas que podem ser feitas com o Python são inúmeras.

¿Qué se puede hacer con Python?

Imagem: jetbrains.com

 

4. Por que é chamado de Python?

Se você pensava que o nome desta linguagem de programação tinha a ver diretamente com a serpente python ou com algum termo de programação, dizemos que não é bem assim. Na verdade, tem a ver com a comédia!

O nome Python vem do "Monty Python Flying Circus", uma série de comédia da BBC de 1970. Seu criador, Guido van Rossum, diz que enquanto implementava o Python, lia os scripts para esta série. Foi assim que, num momento de irreverência, decidiu batizar sua linguagem de programação com o nome de "Python".

Além disso, estava procurando um nome curto, único e um tanto misterioso. Ele conseguiu.

Monty Python Flying Circus

 

5. Os princípios do Python

O Zen do Pyhton ou a filosofia do Python é resumido em 19 aforismos escritos pelo desenvolvedor do Python, Tim Peters. Embora destinados a programadores, alguns desses princípios podem ser facilmente aplicados a outras áreas (mesmo na vida real).

 

• Bonito é melhor do que feio.

• Explícito é melhor do que implícito.

• Simples é melhor que complexo.

• Complexo é melhor do que complicado.

• Plano é melhor do que aninhado.

• Disperso é melhor do que denso.

• A legibilidade conta.

• Casos especiais não são especiais o suficiente para quebrar as regras.

• A praticidade excede o puro.

• Os erros nunca devem passar em silêncio.

• A menos que sejam explicitamente silenciados.

• Diante da ambiguidade, rejeite a tentação de adivinhar.

• Deve haver uma, e de preferência apenas uma, maneira óbvia de fazer isso.

• Embora esse caminho possa não ser óbvio no início, a menos que você seja holandês.

• Agora é melhor do que nunca.

• Embora nunca seja melhor do que já.

• Se a implementação for difícil de explicar, é uma má ideia.

• Se a implementação for fácil de explicar, pode ser uma boa ideia.

• Os namespaces são uma ótima ideia, vamos fazer mais disso!

 

6. Como instalar o Python?

A versão atual do Python é 3.8.5. Para baixar e instalar o Python para Windows, siga estas etapas:

1. Entre em python.org e vá para Downloads.

 

2. Escolha o sistema operacional que você usa. Neste caso, o Windows.

3. Clique em Baixar Python 3.8.5. Uma janela de download será aberta automaticamente. Clique em Salvar arquivo para iniciar o download.

4. Agora, vá para Downloads e clique duas vezes no ícone Python 3.8.5.

5. Na janela de instalação, marque “Adicionar Python 3.8.5 ao PATH”. Isso permitirá que você acesse o interpretador Python a partir do console do Windows.

6. Clique em Customize installation, marque todas as caixas e pressione Next. Isso levará você para a janela Advanced Options. Deixe as caixas marcadas como estão.

7. Se você deseja alterar o caminho do programa, clique em Browse. Você pode criar uma pasta Python e hospedar o programa lá.

8. Clique em Instalar. Quando a instalação for concluída, pressione Close. E isso é tudo.

 

Como saber se o Python foi instalado corretamente?

1. Pressione Windows + R. Uma pequena janela será aberta.

2. Digite "cmd" e clique em Aceitar.

3. Agora que você abriu o console do Windows, digite o seguinte: python -- version

4. Pressione a tecla Enter. A versão Python que você acabou de instalar deve aparecer imediatamente como resposta.


7. Como programar em Python?

Para começar a programar na linguagem de programação Python, você precisa instalar um segundo programa em seu computador. Referimo-nos a um editor de código-fonte, também conhecido como IDE (Integrated Development Environment). É uma ferramenta projetada para editar o código-fonte de várias linguagens de programação, como o Python. Não há programador no mundo que não use um.

Lista dos melhores editores para Python

  • PyCharm: é um dos IDE mais usados para programar Python. Possui duas versões: a open source (mais básica) e a profissional. O PyCharm é usado pelo Twitter, Groupon, Spotify, Ebay, etc., e é compatível com vários frameworks de desenvolvimento, como Django ou Pyramid.

  • PyDev: é um editor de código aberto executável na plataforma de programação Eclipse. Está disponível para todos os sistemas operacionais. Ele se integra muito bem com Django e tem suporte para CPython, Jython e Iron Python.

  • Visual Studio Code: é um editor de código de plataforma cruzada desenvolvido pela Microsoft. É gratuito e compatível com Windows, Linux e macOS. Inclui suporte para depuração, controle integrado de Git, destaque de sintaxe, finalização inteligente de código, etc.

  • VIM: é leve, rápido e de código aberto. É um dos editores de texto mais avançados usados pela comunidade Python.

  • Wing: é um editor de código pago, embora tenha uma versão básica gratuita. É compatível com Windows, OS X e Linux. Sua maior força é a depuração (multiprocesso, código de subprocessos, automatização de processos secundários, etc.).

  • Spyder: é um editor de código aberto totalmente gratuito. Possui boa integração com o console IPython e um nível desenvolvido de edição, bem como funções de exploração de variáveis e arquivos.

 

Depois de instalar um desses editores de código, você pode dar os primeiros passos na linguagem de programação Python. Aqui deixamos um vídeo para você aprender a programar em Python desde o zero.

 

Bem, esperamos que este artigo tenha despertado seu interesse pelo Python e que você se anime a aventurar-se no mundo da programação. Você também pode estar interessado(a) no curso Fundamentos de JavaScript, outra linguagem de programação poderosa. O que você acha?

Recomendados para ti