Anime personagens passo a passo: dê vida a eles no After Effects

Última actualización 22 de Abril del 2020

user

Manoel Silveira

Anime personagens passo a passo: dê vida a eles no After Effects Anime personagens passo a passo: dê vida a eles no After Effects

Cada vez que desenhamos algum personagem, é inevitável a vontade de vê-lo ganhar vida.  Com alguns esboços acumulados num canto escuro de nosso quarto, nunca nos atrevemos a conhecer um pouco mais deste imenso mundo da animação, a não ser que seja um filme (isso ficará para outro post).

Você não acha que este é o momento de dar o próximo passo? Uma vez dentro, te garanto que nunca deixará de se espantar com tudo o que pode fazer.

Vou te acompanhar em alguns pontos simples que você deve levar em consideração na hora de animar seu personagem favorito. Porque ainda que você tenha ilustrado a vida inteira, agora estará pisando em solo novo onde o olhar de principiante deve somar-se a você. Vamos começar!

1. O primeiro passo com simplicidade

Te garanto que a complexidade de um desenho nunca será proporcional a sua qualidade. Na sua primeira aventura como animador você deve se concentrar em um personagem simples onde as extremidades sejam notórias e suas expressões de rosto, claras.

Esta são algumas ilustrações de nossos professores na Crehana, que servem para ilustrar o primeiro ponto:

Personagens de Andrés Rossi

 

Personagens de Pishin Escárrega

Certifique-se que você tem suas capas em ordem, seja Illustrator ou Photoshop o programa que você escolheu para seu projeto. Especifique os nomes, o braço direito, perna esquerda, nariz, boca, etc, será muito útil para quando formos começar a animar seus personagens no After Effects.

2. Delimite sua animação

Pronto, você tem seu personagem para importar para o programa, mas você sabe quais ações? Quer que corra ou só quer que caminhe? Você tem que saber que muitas atividades comuns na vida real que se tornam muito complexas na animação.

Observe bem o movimento que deseja. Grave e observe vídeos onde se vê claramente a ação. Uma técnica muito útil é o “key framing”, onde você decide as principais posições de seu personagem e as toma como referência para completar o movimento das poses escolhidas. 

3. Conheça seu software

After Effects serve como um grande programa para iniciar na animação, tem diversas opções para novatos e experientes, porém o melhor é que pode ir aprendendo sobre o programa enquanto surgem mais dúvidas.

Primeiro deve saber que a parte fundamental são os “keyframes”, pequenos círculos que estabelecem o início e o fim de cada movimento.

Para animar personagens pode usar a ferramenta de “posição livre”, com a qual conseguirá deformar a imagem com pontos que você colocará e logo removerá conforme a sua vontade.

Outro valor agregado de After Effects são as expressões, códigos que conseguem fazer movimentos preestabelecidos, como se tivesse programando.  O da imagem é um que gera um loop dentro dos seus “keyframes”, não sendo necessário copiar e colar várias vezes.

4. O esqueleto é o mais importante

Quando disse que dará vida a seu personagem na verdade falava sério, agora é o momento de conhecer a verdadeira base de uma animação: o esqueleto.

Dentro de After Effects é primordial ter em mente a estrutura do que será animado. Uma ferramenta muito boa é Duik, é gratuita e você poderá usar para criar um esqueleto virtual e logo seguir para o rigging. E o que isso significa? É basicamente adicionar ossos para controlar e animar o que desejar mediante controladores ou riggs.

Transforme-se em um expert em animação e 3D com estes cursos

 

Personagens  de  Israel Peralta

5. A magia está nos detalhes

Para que uma animação seja razoável, a verdade pode se esconder dentro de pequenos movimentos que somam ao final. Se seu personagem está correndo, seu cabelo não teria que se mexer na velocidade do vento também? Ou se está bravo, por que suas sobrancelhas e seus ombros não demonstram?

Trata-se então de adicionar outro tipo de animação secundária que dê veracidade à cena.

Se quer ter o efeito de uma tempestade, você pode incorporar objetos que voam ou linhas que dão a entender o movimento do vento, mesmo que tecnicamente não dê pra ver. 

A animação é um universo infinito de possibilidades, se você se aprofundar, irá observar cada movimento do mundo com outros olhos. É algo inevitável, mas servirá de exercício mexer o que você deseja, em sua linha do tempo com After Effects.

Agora que já conhece o passo a passo para animar personagens, se deseja dar alguns passos a mais neste mundo, recomendo as

aulas de animação de personagens de Israel Peralta o el de animação em loop: dê vida a suas ilustrações de Pishin Escárrega.

 

 

 

Recomendados para ti