10 passos para implementar um plano de carreira na sua empresa e reter seus melhores talentos

Última actualización 17 de Noviembre del 2020

user

Paula Cordero

10 passos para implementar um plano de carreira na sua empresa e reter seus melhores talentos 10 passos para implementar um plano de carreira na sua empresa e reter seus melhores talentos

O desenvolvimento profissional às vezes não é uma prioridade em muitos locais de trabalho, mas as empresas devem implementar um plano de carreira para reter e atrair ótimos funcionários para suas organizações. Ao entrar em uma empresa, a motivação do(a) profissional é subir posições e se tornar um(a) líder. Ao incentivar os membros de sua equipe a desenvolver constantemente suas habilidades, você promoverá uma competição saudável e a cultura da empresa.

Um departamento de recursos humanos de sucesso está ciente da relevância de um plano de desenvolvimento profissional. Na ausência disto, é muito provável que o desempenho dos funcionários diminua. Estudo realizado pela The Society for Human Resource Management (SHRM) nos Estados Unidos, indica que apenas 29% dos funcionários pesquisados se consideram satisfeitos com o plano de carreira em suas organizações e 41% deles afirmam que é importante ter um.

Um(a) HR Manager deve saber que um plano de carreira eficiente é personalizado e está de acordo com as aspirações de trabalho do(a) funcionário(a). Graças à implementação de um plano de desenvolvimento profissional, você terá sua equipe comprometida e pronta para enfrentar novos desafios que levarão o seu negócio ao sucesso.

Você já iniciou um plano de carreira na área? Nesse caso, é sempre um bom momento para avaliar os resultados e pedir feedback. Por outro lado, se a organização ainda não o estabeleceu, neste artigo direi tudo o que você precisa saber para implementá-lo e transformar seus funcionários em líderes.

O que é um plano de carreira?

É um roteiro de ascensão do funcionário na empresa, ou seja, uma linha do tempo que traça a trajetória que um(a) trabalhador(a) percorre desde uma posição de nível inferior, passando por posições sucessivas, até atingir seu objetivo final.

Susan Heathfield, consultora de gestão e recursos humanos, menciona que o plano de carreira envolve a compreensão de quais conhecimentos, habilidades, características pessoais e experiência são necessários para que um(a) funcionário(a) progrida lateralmente em sua carreira. Da mesma forma, ele(a) deve definir seu objetivo profissional e sua experiência para que possa realizar sua carreira.

Por que devo criar um plano de carreira na minha empresa?

Um plano de desenvolvimento dá ao(à) funcionário(a) um senso de direção, uma maneira de avaliar o progresso na carreira e a oportunidade de atingir as metas do trabalho ao longo do caminho.

A maioria das empresas implementa esses planos porque existem diferentes níveis gerenciais e hierárquicos que precisam de profissionais envolvidos com a cultura da empresa e treinados para serem líderes.

plan de carrera

Imagem: Freepik

O(A) HR Manager na organização não quer que os trabalhadores vejam seu trabalho apenas como algo para sobreviver, no qual não tenham possibilidades de crescimento ou no qual não se sintam valorizados. Ao contrário, ele(a) quer treiná-los para que, no futuro, sejam coordenadores(as), gerentes e até mesmo CEOs.

Algumas das vantagens de ter um plano de carreira são:

📌 aumento da motivação dos colaboradores;

📌o plano de capacitação da empresa é fortalecido;

📌o plano de retenção de talentos é robustecido;

📌a Employee Experience e a Employee Branding são fortalecidas;

📌a reputação da empresa é beneficiada;

📌aumento da capacidade, experiência e diversidade da força de trabalho.

plan de carrera

Imagem: Freepik

10 passos para desenvolver um plano de carreira

Para implementar este plano, é necessário fazer uma análise aprofundada das necessidades do(a) colaborador(a) e da empresa. A equipe de recursos humanos, em conjunto com os(as) supervisores e gestores(as) de cada área da empresa, deve trabalhar em conjunto para traçar um caminho de crescimento para cada trabalhador(a) e definir objetivos de curto e longo prazos que tornem esse plano possível.

1. Atualize seu organograma: se você não tiver um, precisa começar a trabalhar nele. Esta ferramenta é muito útil para você visualizar como sua empresa está estruturada e as relações hierárquicas que existem.

Identifique o objetivo que sua empresa perseguirá nos próximos anos e quais são as funções que serão importantes para alcançá-lo. Além disso, estabeleça quais serão os benefícios que você proporcionará aos trabalhadores. Depois de definir os cargos de que precisa, você pode começar a planejar oportunidades de crescimento para seus funcionários.

2. Defina os cargos: comece preparando uma boa descrição de cada cargo, relacionando as responsabilidades e as habilidades básicas e físicas que o(a) trabalhador(a) terá que colocar em prática. Graças a isso, você poderá definir melhor o perfil do candidato que procura dentro de sua organização. Não se esqueça de incluir os KPIs para medir o desempenho.

3. Mantenha uma comunicação assertiva com os funcionários: os funcionários vão querer ver e entender quais oportunidades de desenvolvimento surgirão na empresa. Por isso, você deve ter uma comunicação transparente com eles para dar-lhes acesso a: descrições de cargos, competências necessárias, processo interno de candidatura a vagas, mentorias, coaching, treinamento, etc.

plan de carrera

Imagem: Freepik

4. Desenvolver possíveis mapas de carreiras: agora que você tem seu organograma atualizado e definiu os perfis de cargos, você pode desenhar o possível plano de carreira que cada cargo na organização terá. Por exemplo, alguém que ingressa na empresa como estagiário de marketing e apresenta ótimo desempenho pode ser escalado(a) para assistente de marketing, analista, posteriormente ser coordenador(a), e ir ascendendo.

5. Identifique seus High Potencials: em um nota de blog mencionei a importância de mapear esses tipos de funcionários. Estes trabalhadores se diferenciam dos demais pelo bom desempenho e pela capacidade de se tornarem líderes e assumirem cargos com maior responsabilidade. Agora é a hora de dar a eles a oportunidade de crescer dentro da empresa. Você deve implementar planos de carreira mais personalizados para que estes trabalhadores tenham uma visão mais completa das necessidades de desenvolvimento de seu pessoal e adquirir informações valiosas para a tomada de decisões sobre planos de carreira e planos de sucessão.

6. Realize um processo de avaliação de desempenho: estas avaliações irão ajudá-lo(a) a saber o valor que os colaboradores podem trazer para sua empresa desde diferentes funções. Ao identificar seus pontos fortes, pontos fracos e oportunidades, você poderá propor um plano de carreira mais adequado às suas necessidades.

7. Identifique as necessidades de estudo: seus funcionários podem avançar na linha de carreira que você implementou com as habilidades que possuem? Precisam de capacitação? Mentorias? É preciso levar em consideração a experiência de cada um e dar-lhes a formação necessária para que possam assumir novas responsabilidades.

8. Desenvolva um plano de capacitação: se você ainda não tem um dentro da empresa, é muito importante tê-lo. De nada serviria ter um plano de carreira se os funcionários não estivessem em constante treinamento para o aprimoramento de suas competências. Se não conseguirem se aprimorar como profissionais, não poderão avançar para posições com maior responsabilidade. É fundamental que você lhes dê educación de calidad para que se motivem a aprender novas ferramentas e colocá-las em prática.

plan de carrera

Imagem: Freepik

9. Apresente e avalie o plano de carreira: a área de recursos humanos deve colocar o plano por escrito para avaliá-lo com as demais áreas da empresa e definir se este projeto é viável. Certifique-se de receber feedback dos funcionários para refinar o programa com a melhor chance de sucesso e crescimento.

10. Faça o acompanhamento: para o sucesso deste programa, não basta apenas desenhá-lo e apresentá-lo. Você deve ter um plano de monitoramento e compliance, que ajudará a validar a estratégia do plano de carreira. Para isso, você terá que receber feedback de chefes e funcionários para conhecer os avanços, dúvidas e também obstáculos que encontraram no plano.

Se você preparou cuidadosamente seu plano de carreira antes de comunicá-lo e implementá-lo, estará em posição de gerenciar movimentos, rotações, sucessões e promoções dentro da empresa. Qual será a primeira coisa que você colocará em prática? Lembre-se: uma empresa de sucesso é aquela que coloca o capital humano no centro e treina líderes para serem referências no negócio.

Recomendados para ti