10 dicas para criar uma equipe comprometida com sua organização

10 dicas para criar uma equipe comprometida com sua organização

Última actualización 23 de Diciembre del 2020Tiempo de lectura: 7 min.

Paula Cordero

Se não houver vínculo entre seus funcionários e sua empresa, será impossível para você atingir os objetivos que definiu. O compromisso organizacional é justamente este vínculo que permite aos seus colaboradores sentirem-se ligados à sua empresa, compreenderem os seus objetivos e trabalharem com determinação para atingi-los. Graças a isto, mostram alta produtividade e são mais pró-ativos em oferecer seu apoio.

Se você sente que, nos últimos meses, sua equipe não tem demonstrado comprometimento com suas funções, está no lugar certo. Neste artigo, vou contar alguns detalhes do compromisso de trabalho e quais as ações que você pode praticar para manter sua equipe focada em seus objetivos e 200% comprometida.

O que é compromisso organizacional?

Este compromisso pode ser definido como o nível de entusiasmo que um(a) colaborador(a) tem para com as tarefas que realiza no dia a dia da sua empresa. É o sentimento de responsabilidade que o(a) colaborador(a) tem em relação aos seus objetivos e como isso impacta no desenvolvimento de toda a equipe.

Se os funcionários apresentam um alto nível de satisfação em relação ao seu trabalho, isto resulta em aumento de desempenho, produtividade e lucratividade. Todas as empresas esperam conseguir isso, mas é um processo que leva tempo e perseverança.

Quando um(a) funcionário(a) ingressa na empresa, não desenvolve um compromisso imediato, pois aos poucos vai conhecendo mais a empresa, interagindo com outras pessoas, conhecendo o seu trabalho, identificando-se com os valores da empresa, etc.

Se uma organização espera que seus funcionários tenham um desempenho excepcionalmente bom, precisará fornecer um ambiente de trabalho que ajude a aumentar o engajamento.

equipo comprometido

Imagem: Freepik

Dimensões do comprometimento organizacional

John Meyer e Natalie Allen, em seu livro "Três componentes, conceituação de compromisso organizacional", identificam três componentes de compromisso: afetivo, de continuidade e normativo.

📌 Compromisso afetivo: refere-se ao desejo de permanecer na organização. Esta dimensão reflete a relação emocional que as pessoas têm com a empresa. Quando o(a) colaborador(a) satisfaz suas necessidades psicológicas, sentirá orgulho de fazer parte dela.

📌 Compromisso de continuidade: é quando o(a) colaborador(a) se sente comprometido(a) com a empresa porque existe uma relação material. Ou seja, permanece na empresa por perdas ou custos associados à demissão. Além disso, ao deixar a empresa, pode perder determinado status, relações de trabalho, etc. Ao perceber que perderia oportunidades, aumenta seu apego à empresa.

📌 Compromisso normativo: é definido como o dever do(a) colaborador(a) de pertencer à empresa para retribuir um favor ou oportunidade que foi concedido a ele(a). Por exemplo, em algumas empresas os trabalhadores não pagam seus estudos de mestrado ou programas de treinamento no exterior. Isto faz com que haja um forte sentimento de gratidão e compromisso, tendo como resultado vivenciar um sentimento de dívida para com a organização.

Como a Crehana para empresas ajuda minha equipe?

Por que o compromisso dos funcionários é importante?

Para administrar um negócio bem-sucedido, você precisa entender que precisa de funcionários comprometidos, não apenas profissionais que trabalhem por dinheiro no final do mês. Em relatório do Gallup,é mencionado que empresas que têm um alto comprometimento obtêm redução de 41% no absenteísmo e aumento de 17% na produtividade, além de atingir 24% menos rotatividade.

Funcionários engajados sempre comparecem ao trabalho e não faltam. Além disso, preocupam-se com a qualidade e segurança. Graças a isto, as vendas tendem a aumentar, pois os funcionários estão preocupados em melhorar o relacionamento com os clientes. Os trabalhadores estão mais atentos aos processos, procuram aprimorá-los, dar novas ideias, propor novos projetos e, por sua vez, estimulam os demais colegas a se sentirem igualmente comprometidos e motivados.

Como aumentar o comprometimento com o trabalho

1. Comunicação transparente

Crie espaços de comunicação para facilitar um ambiente de confiança. Você deve fazer com que seus funcionários se sintam à vontade para dizer como se sentem e se há algo que os está incomodando no trabalho. É importante que você mantenha sessões com eles para avaliar seus comentários e fazer melhorias.

2. Oportunidades de crescimento

Quando um(a) profissional inicia um novo trabalho, uma de suas grandes motivações é crescer e seguir carreira. Assim, terá um motivo para melhorar a cada dia e dar o melhor de si. Uma organização que ajuda seus funcionários a crescer profissional e pessoalmente garante que as pessoas fiquem muito tempo na empresa. O departamento de recursos humanos deve traçar um roteiro profissional para que possa treiná-lo(a) constantemente e ajudá-lo(a) a ascender a posições de liderança.

3. Reconhecimento e incentivos

Incentivos e reconhecimentos fazem os funcionários se sentirem importantes. Recompense seus funcionários quando eles tiverem um bom desempenho ou uma grande iniciativa. Não é necessário dar sempre um presente material — um reconhecimento diante dos outros por parte de seu(sua) chefe é ainda mais valorizado.

4. Promova a inovação

Em todas as áreas da empresa, a opinião de todos deve ser valorizada. Se um(a) funcionário(a) deseja fazer uma melhoria ou propor algo diferente, todos devem ouvi-lo(a) e avaliar sua ideia. Em algumas empresas, os funcionários não têm confiança para propor e inovar, pois sentem que não serão levados em consideração. Se você der a eles a oportunidade de desenvolver novas ideias, eles sempre estarão em busca de melhorias para o produto ou serviço que você oferece.

5. Melhore seu processo de Onboarding

Este processo é muito importante porque é o primeiro contato real com o(a) funcionário(a). É quando o(a) profissional passa a exercer suas funções, interagir com o(a) chefe, colegas, etc. A primeira semana de trabalho é fundamental para que o(a) funcionário(a) se sinta parte da organização e motivado(a) para continuar aprendendo mais. Certifique-se de que, nos primeiros dias, o(a) colaborador(a) compreenda perfeitamente os objetivos, missão, visão e valores da empresa.

6. Incorpore planos de treinamento

O tempo passa e novas habilidades são adicionadas, que os funcionários devem aprender para trabalhar com eficiência. Por exemplo, anos atrás a maioria dos profissionais não sabia como gerenciar arquivos na nuvem, uma habilidade que já é praticada por muitos atualmente. A capacitação deve ser prioritária, pois ajudará os colaboradores a continuar aprendendo, a serem mais competitivos e a crescerem como profissionais, conferindo-lhes melhor reputação.

7. Forge líderes

A partir do momento em que alguém entra como estagiário(a), deve-se treiná-lo(a) para que, no futuro, assuma posições de liderança. Por outro lado, os líderes de cada equipe devem capacitar-se continuamente para orientar seus companheiros. O(A) líder é um exemplo a seguir; portanto, certifique-se de que cada líder de área esteja alinhado(a) com os objetivos do negócio para que possa transmitir o mesmo para os outros.

8. Crie uma família na empresa

Não é apenas dizer, mas colocar em prática. Além das obrigações do trabalho, todos os trabalhadores são sua família. Você passa a maior parte do seu tempo trabalhando com eles e, aos poucos, este sentimento de pertencimento vai se formando. Mostre a eles que você não se preocupa apenas com seus indicadores de desempenho, mas também com como eles se sentem, suas motivações pessoais, etc.

9. Dê importância à vida pessoal

Se os seus funcionários perceberem que você é flexível, sua maneira de agradecer será colocando mais dedicação ao trabalho. Às vezes, podem pedir que você lhes dê permissão por algumas horas para ir ao médico, à escola dos filhos, etc. Além do trabalho, todos nós temos uma vida pessoal, e procuramos encontrar um equilíbrio e ser compreensivos com os outros.

10. Receba feedback

Como HR Manager, você saberá que deve sempre verificar se as ações que executou foram realmente eficazes. Uma maneira de descobrir é pedindo feedback. Dê aos funcionários a confiança para dizerem o que gostam e o que não gostam. Desta forma, você pode melhorar alguns processos e incorporar novos.

Agora que você sabe como melhorar o engajamento de sua equipe, qual será a primeira ação a ser realizada? Não se esqueça de priorizar a comunicação e avaliar constantemente os sentimentos de sua equipe. Espero que essas dicas ajudem você e que possam melhorar o engajamento de todos os seus funcionários.

Até o próximo artigo!

También podría interesarte

Subcategorías

Softwares