Quais são as posições mais procuradas no setor de varejo?

Última actualización 10 de Noviembre del 2020

user

Paula Cordero

Quais são as posições mais procuradas no setor de varejo? Quais são as posições mais procuradas no setor de varejo?

O comércio varejista passou por grandes mudanças nos últimos meses. O aumento da concorrência nos canais digitais forçou as empresas a repensar sua estratégia de vendas para entender melhor sua buyer persona. Por conta disso, mais profissionais dedicados ao mundo do varejo também foram recrutados para somar esforços e expandir os negócios. Quais são os profissionais que estarão em demanda nos próximos meses? Quer saber se já conta com algum deles?

Neste artigo, vamos dizer quem são esses profissionais. Continue para ler os detalhes.

As mudanças no setor varejista

Os últimos meses foram difíceis para o setor. Fechamento de centros comerciais, cinemas, restaurantes e a lista é interminável. Com a reabertura do comércio, os varejistas estão somando esforços para se recuperarem dos grandes prejuízos causados pela pandemia.

Sem dúvida, os setores de beleza e moda foram os mais atingidos. Um exemplo claro é a rede sueca de moda H&M, que vai propor a eliminação de 250 lojas em 2021, a fim de se dedicar mais ao seu negócio on-line, segundo a Perú Retail. A esta fast fashion junta-se a Zara, que terminou o primeiro trimestre do ano com um prejuízo líquido de 409 milhões de euros e, para além destas empresas, vários varejistas sofreram perdas econômicas e fecharam lojas devido à baixa nas vendas, como Gap, Macy's, Falabella, Tiendas Paris, entre outros.

Começamos a pensar... o varejo continuará o mesmo? O claro é que não. Um exemplo disso é como a dinâmica das compras nos shoppings mudou. Muitos consumidores iam aos shoppings com o objetivo de passear nos locais ou para passar o tempo enquanto esperavam alguém. Agora, não se pode fazer isso porque vários dos locais de entretenimento não funcionam mais (cinemas, centros de jogos, áreas comuns, etc.). Neste sentido, vemos agora que as pessoas que vão aos shoppings o fazem exclusivamente com uma decisão de compra já tomada, fazendo com que o impulso de compra diminua.

Quais são os desafios do setor de varejo?

Em relatório divulgado pelo Departamento de Estudos Econômicos do Scotiabank, projeta-se que o setor deve crescer 11% em 2021. Isto significa que as vendas estão se recuperando progressivamente e as empresas estão entendendo os novos hábitos de consumo dos usuários.

Agora, quais são os principais aspectos-chave que devem ser levados em consideração para que o negócio prospere? Resumimos abaixo:

✔️ uma boa estratégia de pricing;

✔️ melhoria na logística da “última milha”;

✔️ diversificação dos métodos de entrega;

✔️ identificar novas ocasiões de consumo;

✔️ adaptar os formatos de produtos à necessidade do cliente.

As posições mais demandadas no varejo

Vannesa Gibson, Diretora de Clima de Investimento da Coalizão Costarriquenha de Iniciativas de Desenvolvimento - CINDE (Costa Rica), durante sua participação no CADE Digital 2020, estimou que pelo menos 375 milhões de funcionários terão que mudar de emprego até 2030, devido à automação.

Como isto muda a estrutura de empregos no varejo? De muitas maneiras. Com a implementação de novas tecnologias, os(as) profissionais devem desenvolver skills sólidos, que os(as) ajudem a implementar estratégias que gerem valor e lhes permitam enfrentar os desafios da quarta revolução industrial.

Nas linhas abaixo, contamos quais são os cargos que você deve ter em sua empresa para garantir que a estratégia de negócios seja eficiente:

💼Logistics Manager

A logística tem sido um grande problema para os varejistas desde quando os consumidores começaram a comprar muito mais on-line. Sem dúvida, este(a) profissional deve ter clareza sobre as necessidades do cliente e oferecer diferentes formas de entrega.

Este(a) funcionário(a) é responsável pela supervisão e coordenação das operações logísticas nos armazéns da empresa e é responsável pela gestão dos estoques e do fluxo de entrada e saída de mercadorias.

Algumas de suas funções específicas são:

- gerenciar o estoque, armazém e transporte;

- desenvolver novas estratégias para agilizar processos e reduzir custos;

- assegurar que os compromissos de qualidade, quantidade e satisfação do cliente sejam cumpridos;

- associar-se e comunicar-se com fabricantes, fornecedores e clientes;

- gerenciar e desenvolver o pessoal de logística;

- criar e gerenciar orçamentos.

logistics manager

Imagem: Freepik

💼Key Account Manager

Este(a) profissional é responsável pela gestão das contas dos clientes mais importantes de uma empresa. São estas “Key Accounts” que representam a maior porcentagem de receitas da empresa; portanto, esta pessoa deve construir e manter um relacionamento sólido com estes clientes.

Algumas de suas funções são:

- desenvolver uma relação sólida e de confiança entre os principais clientes-chave e a empresa;

- resolução de problemas dos clientes;

- desenvolver um entendimento completo das necessidades das contas-chave;

- gerenciar as comunicações entre os clientes-chave e equipes internas;

- planejamento estratégico para melhorar os resultados do cliente;

- trabalhar com as equipes de vendas, design, comunicação, publicidade, logística e outros departamentos dedicados à mesma Key Account, para garantir que sejam produzidos materiais que ajudem a atender às necessidades do cliente.

key account manager

Imagem: Freepik

💼E-commerce Manager

Este(a) profissional será responsável pela aparência e design do site, trabalhando em conjunto com os profissionais de desenvolvimento web para obter a interface e a estrutura adequadas à jornada do cliente. O objetivo é que a plataforma on-line seja fácil de usar e que transações seguras possam ser realizadas.

Algumas de suas funções são:

- supervisão do design e desenvolvimento do site;

- supervisionar o desenvolvimento do produto;

- desenvolvimento de planos de marketing e SEM;

- administrar métodos de pagamento;

- colaboração com as equipes técnicas e de desenvolvimento web.

ecommerce manager

Imagem: Freepik

💼Retail Buyer

Ele(a) é responsável pela seleção e compra das linhas de produtos da empresa. Este perfil deve ser de uma pessoa responsável, com grande capacidade de negociação com fornecedores e de garantir preços competitivos. Seu objetivo é sempre ter um estoque adequado para gerar vendas.

Entre suas funções, destacam-se as seguintes:

- fazer pesquisas de mercado para implementar uma estratégia de preços;

- fornecer todas as informações relevantes sobre produtos, preços e promoções;

- estabelecer tendências de consumo para entender a demanda por produtos;

- revisar as ofertas de produtos das lojas existentes;

- elaborar e apresentar projeções de vendas;

- monitorar as vendas de produtos.

retail buyer

Imagem: Freepik

💼Retail Customer Experience Manager

Ele(a) é responsável por organizar, planejar e monitorar o departamento de atendimento ao cliente de uma empresa, para garantir que o cliente tenha uma boa experiência de compra. Dedica-se ao desenvolvimento e implementação de estratégias eficientes para melhorar o relacionamento com os clientes e fidelizá-los.

Algumas de suas funções são:

- supervisionar a contratação e o treinamento da equipe de experiência do cliente;

- monitorar as atividades da equipe de experiência do cliente para garantir que sua interação com os clientes seja positiva;

- coletar informações sobre a opinião dos clientes sobre os serviços prestados;

- implementar canais de comunicação eficazes (on-line e offline) com os clientes para solucionar problemas ou dúvidas;

- fazer a ligação com os departamentos de produção para garantir a entrega de produtos e serviços de alta qualidade;

- supervisionar a reestruturação de uma organização em um estabelecimento centrado no cliente;

- utilizar ferramentas de gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM) para coordenar e monitorar as operações de experiência do cliente.

retail customer experience manager

Imagem: Freepik

A verdade é que, com o passar do tempo, estes perfis foram incorporando novos skills aos seus trabalhos, pois o mercado continua em evolução. Por isso, é importante que as equipes recebam capacitação contínua. No Crehana para empresas temos uma solução de skilling personalizada. Quer saber como podemos ajudar você? Clique aquí.

Recomendados para ti