5 exercícios básicos para pintar facilmente com aquarela

Última actualización 30 de Mayo del 2020

user

Juliane Angeles

5 exercícios básicos para pintar facilmente com aquarela 5 exercícios básicos para pintar facilmente com aquarela

Se você sempre quis aprender a pintar com aquarela e até agora não se animou a fazê-lo porque acha que é "muito difícil", neste artigo propomos cinco exercícios para simplificar sua primeira abordagem à aquarela, amigável e enriquecedor.

O que você aprenderá com estes exercícios básicos para pintar com aquarela facilmente? Vamos fazer com que a sua relação com a aquarela progrida passo a passo, sem pressa. Você descobrirá as técnicas do banho uniforme, banho gradiente, brilho e banho de tintas. Além disso, você experimentará a diferença entre pintar em úmido e a seco.

Obtenha uma Assinatura Premium e continue aprendendo em casa

E você notará mais algumas coisas: aprender a pintar com aquarela não é possível da noite para o dia, é preciso muita prática e paciência. Se você quiser pintar algo tão elaborado quanto uma paisagem ou um retrato, deverá começar fazendo pequenos exercícios.

No começo, você pode sentir que está avançando a passo de formiga, mas confie que esta é a melhor maneira de dominar esta técnica de pintura. Somente assim você aprenderá a calcular a quantidade de água que deve usar cada vez que pintar, a medir o tempo para impedir que o papel seque (se estiver pintando em úmido) e a usar o pincel com maior desenvoltura.

Então, se você está se perguntando algo como...

De que materiais eu preciso?

- 1 caixa de aquarelas de 18 cores

- 1 paleta média

- Papel adequado para aquarela. Para fazer estes exercícios, recomendo o uso do papel Canson de 180 gramas. Se você usar qualquer papel comum, não poderá experimentar ou apreciar corretamente os resultados.

- 1 placa fina (ou madeira compensada) de 40x50 cm.

- 1 fita adesiva (não a transparente). 

- 1 pincel redondo número 8. 

- 1 régua

- 1 lápis 2B

- 1 recipiente pequeno para água

Fita adesiva? Sim...

A partir de hoje, a fita adesiva se tornará sua melhor aliada. Antes de iniciar qualquer exercício ou projeto em aquarela, cole o papel no quadro com fita adesiva. Faça-o pelas quatro bordas e com muito cuidado. Verifique se o papel está bem fixado. Por que é tão importante fazer isso? Caso contrário, acontecerá o seguinte:

- Você não poderá pintar corretamente. Será como tentar domar uma pequena fera. Quando não está fixo, o papel se move devido aos movimentos que você faz com o pincel. Pintura em aquarela fácil? Isso não será possível.

- O papel dobrará ou ficará ondulado, causando derramamentos em sua parte inferior e superior.

- Acidentes: pinceladas involuntárias, respingos ou derramamentos. Os exercícios serão estragados.

Canal: AhmadArt / el vlog de lau

Depois de fixar seu papel no quadro, é hora de começar os exercícios para pintar em aquarela facilmente

Banho uniforme

Este exercício é o mais básico de todos. A chave para que você se saia bem é não pressionar o pincel ao pintar. Em outras palavras, pinte como se estivesse "acariciando" o papel.

1. Desenhe um retângulo de 14 x 28 cm.

2. Coloque uma porção regular de aquarela na sua paleta (a cor que você quiser) e adicione água com o pincel. Verifique se a mistura está muito aguada.

3. Deslize o pincel da esquerda para a direita e da direita para a esquerda, a partir da gota da pincelada anterior. Assim até o final.

4. Ao pintar, incline levemente o quadro.

5. Se você perceber que seu pincel não tem mais aquarela, procure carregá-lo rapidamente e continue pintando. Lembre-se de que este exercício é a seco. Portanto, não demore muito para dar as pinceladas.

Deixe secar. O resultado deve ser uniforme. Tente repetir este exercício umas cinco vezes. Se você quiser que a cor tenha mais intensidade, adicione menos água à aquarela.

Banho degradê

Com este exercício, você aprenderá a controlar a intensidade da aquarela com a ajuda da água. O banho degradê servirá, mais tarde, para fazer fundos.

1. Desenhe um retângulo de 14 x 28 cm.

2. Coloque uma porção regular de aquarela na sua paleta. Desta vez, escolha um tom forte: vermelho ou azul. Umedeça seu pincel e carregue-o com a aquarela.

3. Deslize o pincel da esquerda para a direita e da direita para a esquerda, a partir da pincelada anterior. À medida que for avançando, carregue o pincel apenas com água.

5. Você notará que a cor ficará em degradê.

Repita este exercício várias vezes e com outras cores intensas, como ultramarino ou ciano.

Brilho com uma cor

Este efeito é perfeito para fundos de paisagens luminosas.

1. Desenhe um retângulo de 14 x 28 cm.

2. Umedeça toda a área do retângulo com seu pincel.

3. Para este exercício, escolha uma cor forte. Por exemplo, azul. Não adicione muita água a ele. A mistura deve ser consistente.

4. Aplique a cor. Faça duas linhas horizontais nas partes inferior e superior do retângulo, e um arco no centro.

5. Mova o quadro até obter o efeito de brilho. Retire o excesso de aquarela com o pincel.

Lembre-se de que este é um exercício em úmido; portanto, você deve trabalhar o mais rápido possível. Se não sair na primeira vez, não desanime e continue praticando.

Brilho com duas cores

Este exercício é semelhante ao anterior, mas, aqui, você deve usar uma cor clara e outra escura.

1. Desenhe um retângulo de 14x28 cm.

2. Umedeça toda a área do retângulo com uma cor. Por exemplo, amarelo. A mistura deve ser consistente.

3. A segunda cor deve ser escura. Por exemplo, azul.

4. Quando umedecer o papel com a cor amarela, aplique imediatamente a cor azul (previamente misturada com água), fazendo duas linhas horizontais nas partes inferior e superior do retângulo, e um grande arco no centro.

5. Para obter o efeito, mova o quadro.

Banho de tinta seca e úmida

Este exercício permitirá criar fundos de nuvens, um amanhecer ou um entardecer. Para fazer isso, você deve usar mais de duas cores.

Úmido:

1. Desenhe um quadrado de 14x15 cm.

2. Umedeça o quadro com água completamente e aplique a primeira cor (assegure-se que a aquarela esteja muito aguada).

3. Aplique as outras cores em formas abstratas. É importante que o papel seja mantido úmido.

4. Não esqueça de inclinar o tabuleiro para obter o efeito.

Seco:

1. Em outro requadro de 14x15 cm, aplique a primeira cor diretamente no papel (sem uma forma específica). A mistura deve estar muito aguada.

2. Adicione a segunda cor (também aguada) na gota da anterior.

3. Adicione as outras cores da mesma maneira, até completar o requadro.

E o que eu faço depois?

- Continue aprendendo até conseguir pintar sua primeira paisagem ou personagem em aquarela. Comece a pintar pequenos objetos. Vá do simples ao complexo. Que tal um cacto ou uma planta tropical?

Imagem: Image Team

- Tenha um caderno para pintar aquarela e uma caixa de aquarela. Então, você poderá praticar de uma maneira mais simples e constante.

Foto: @julianeangeles

- Descubra outras técnicas. Aprenda a fazer esboços e conceituações não apenas com aquarelas, mas também com lápis de cor e tinta nanquim. O curso introdutório de Ilustração tradicional: Expresse-se através da cor  ensinará como fazer isso e muito mais. Logo você poderá explorar a aquarela para composições botânicas.  Na verdade, tudo vai depender do caminho que você deseja seguir: ilustração tradicional, realista ou digital?

 

 

Bem, esses são os exercícios que qualquer pessoa que queira aprender a pintar com aquarela deve praticar, antes de tudo. Lembre-se de que em exercícios em úmido você deve tentar aplicar a aquarela mais rapidamente. Caso contrário, o papel secará e você terá que iniciar novamente. É possível dominar a aquarela? Sim, mas somente se você se propuser a duas coisas: praticar e ser paciente.

 

Recomendados para ti